Ação de voluntariado e reflorestação no Pinhal de Leiria

Árvores doadas pela Embaixada dos Estados Unidos da América

 

O Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, no âmbito do Programa Eco-Escolas, vai promover, em parceria com a Quercus e o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo - “Aulas na Natureza”, uma ação de voluntariado subordinada ao tema “Floresta”, a realizar no próximo dia 24 de janeiro, no Pinhal de Leiria.  Com cerca de 180 voluntários da comunidade escolar plantar-se-á cerca de 4.500 pinus, enquadrado num donativo anunciado pelo Embaixador e Embaixatriz dos EUA, George e Mary Glass, como parte da iniciativa "FestVerde." FestVerde foi organizada para expressar a solidariedade dos EUA para com as comunidades que estão a recuperar dos incêndios, destacar os valores de voluntariado e serviço à comunidade, e promover o trabalho na área da reflorestação a partir da comunidade, pela plantação de 15.000 árvores na Floresta de Amizade EUA-Portugal, no talhão 65 da Mata do Rei.

 

Este, já é o segundo ano desta parceria, sendo que o ano passado realizaram-se retanchas nos talhões apadrinhados pela Quercus, seguindo de apanha de lixo na praia de Vieira de Leiria.

 

Desenvolvimento

O Programa Eco-Escolas é um Programa vocacionado para a educação ambiental, para a sustentabilidade e para a cidadania, que a Fundação para a Educação Ambiental (FEE), implementa em vários países desde meados dos anos 90. Este Programa, em Portugal, é implementado pela Associação Bandeira Azul da Europa e está orientado para a implementação da Agenda 21 ao nível local, visando a aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola.

 

A acção é subordinada ao tema “Floresta - Exemplos de Boas Práticas”, seguindo o plano de atividades previsto. Focando a importância dos temas em questão, esta ação de voluntariado visa:

- Divulgar Boas Práticas, nas vertentes; científica, pedagógica e da cidadania;

- Sensibilizar para a tomada de consciência da importância do ambiente no dia-a-dia da sua vida pessoal, familiar e comunitária;

- Promover a tomada de consciência que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global;

- Contribuir para uma educação participada e esclarecida onde educar é criar cidadãos conscientes e ativos pelo ambiente.

 

Não temos mais escolha. Ou a humanidade adapta o seu comportamento para dar suporte ao desenvolvimento sustentável - o que significa parar de poluir o ambiente, permitindo a renovação dos recursos naturais e contribuindo para melhorar o bem-estar de todos - ou assina sua própria, mais ou menos iminente, sentença de morte. A educação desempenha um papel crucial no treino dos cidadãos.

Koïchiro Matsuura, Director-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), no lançamento da Década. 2005

 

Esta ação de voluntariado tem como Público-alvo os Docentes, Alunos e Comunidade Local.

 

Programa: plantação: 10-13h e 14-16h.

 

23 de janeiro de 2020

 

Share

 

Quercus TV

 

 

                            

 

Mais vídeos aqui.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb