Quercus com as populações na luta contra a mineração de Lítio

A Quercus, com o apoio dos movimentos das populações locais que se encontram sob a severa ameaça da exploração de lítio a céu-aberto, apresentou Denúncia à UNESCO de Ameaça Severa à Integridade do Sistema Agro-Silvo-Pastoril da Região do Barrosos, designado pela Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) Património Agrícola Mundial.

 

Em consonância e sintonia com a população de Boticas e de Montalegre, a Quercus, em defesa do património natural e do Património Agrícola Mundial do Sistema Agro-Silvo-Pastoril da Região do Barroso, apresentou denúncia formal à UNESCO, relativa à ameaça severa que representa a intenção de instalação de duas minas de lítio a céu-aberto, nesta região designada e reconhecida internacionalmente pelas suas características únicas a nível mundial.

 

A Quercus entende que, sob a ameaça de exploração de lítio pelos projectos mineiros de Ampliação da Mina do Barroso e Exploração Mineira de Sepeda - Montalegre, é imperioso um esclarecimento por parte da UNESCO, relativo à manutenção da designação de Património Agrícola Mundial do Sistema Agro-Silvo-Pastoril da Região do Barroso, caso se verifique a instalação das explorações mineiras referidas.

 

A Quercus considera por isso completamente inaceitável a ameaça atual que as explorações mineiras a céu-aberto preconizam, e vai utilizar todos os meios ao seu alcance para parar os atentados ambientais que estão em preparação. Em conjunto com as populações locais, a Quercus não deixará de agir junto das instâncias nacionais e internacionais no sentido de parar de vez os intentos insustentáveis das empresas de mineração.

 

A Quercus apoia as lutas das populações locais das diversas regiões do país que atualmente se encontram sob a ameaça da intenção de exploração de lítio em minas a céu-aberto que atualmente invadiu Portugal. Num movimento em tudo semelhante a uma onda de “garimpagem”, que em séculos passados caracterizou movimentos de mineração em outras regiões do globo, a Quercus vai iniciar uma campanha de luta contra a mineração de lítio.

 

Assim, no próximo dia 22 de Junho, no Auditório da ARPAZ, Barco, Covilhã, a Quercus organiza o 1º Fórum Nacional de Ambiente e Lítio - A Problemática do Lítio no Contexto Nacional, onde serão discutidos os impactos da mineração no meio natural e nos ecossistemas, e a desmistificação do papel do lítio na descarbonização e na mobilidade sustentável.

 

 

Lisboa, 14 de junho de 2019

Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

Share

 

Quercus TV

 

 

                            

 

Mais vídeos aqui.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb