Portugueses unidos com o resto da Europa pela causa ambiental

A Quercus - Associação Nacional para a Conservação da Natureza, não pode ficar indiferente à votação expressiva da população em movimentos partidários que colocaram o assento dos seus programas eleitorais, nas questões ambientais.

 


As mudanças de políticas e comportamentos ambientais são essenciais para um futuro mais próspero de todos e do Planeta

 

No rescaldo das eleições para o Parlamento Europeu, que se realizaram no passado dia 26 de Maio, a Quercus considera que no caso de Portugal, aparentemente, poderá ter existido um aumento de votação nos partidos em que a mensagem ambiental teve um foco importante e esta mensagem foi passada de um modo mais acutilante e consistente.

 

Isto aconteceu, no caso do BE e do PAN, que subiram consideravelmente as suas votações. Contudo, esta análise não é completamente clara, devido ao PEV se ter apresentado em coligação com o PCP, e como tal, não ser possível aferir em separado os seus resultados.

 

Ao nível das Forças Políticas do Parlamento Europeu, existiu claramente um reforço dos Verdes, que aumentaram consideravelmente o seu número de deputados, tendo passado de 52 para 70 deputados.

 

Enquanto organização não-governamental e apartidária, a Quercus congratula-se com as mensagens ambientais passadas e espera que agora os novos Eurodeputados eleitos cumpram com as intenções manifestadas ao longo da campanha, onde as questões ambientais estiveram mais presentes do que nunca e assumam a responsabilidade de construir um programa europeu de políticas ambientais mais ambicioso, que defenda o futuro das atuais e das próximas gerações.

 

Continuamos a viver uma crise ambiental global, com problemas tão graves como as alterações climáticas, a perda global de biodiversidade e a sobre-exploração de recursos e é preciso que a Europa lidere soluções de mudança, rumo a um futuro mais sustentável.

 

Para enfrentar os desafios ambientais que se nos apresentam e construirmos um futuro mais próspero para as pessoas e o Ambiente, precisamos que todos os que têm poder de decisão se unam numa só voz e coloquem em prática políticas mais ecológicas.

 

 

Lisboa, 28 de maio de 2019

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb