Quercus promoveu ontem ação de apresentação do projecto LIFE+ “Habitats Conservation”

Ontem, dia 20 de maio, a Quercus apresentou o projeto Life+ “Habitats Conservation” – Conservação de Habitats Naturais e Semi-naturais na Serra de Aire e Candeeiros, iniciativa que conta com o cofinanciamento do Programa Life+ da União Europeia. Este projeto que tem por objetivo central a conservação de quatro habitats prioritários: prados rupícolas calcários, arrelvados xerófilos, arrelvados ricos em orquídeas e lajes calcárias (ver abaixo designação científica) está em curso na serra de Aire, numa área de baldios comunitários geridos pelas Juntas de freguesia de Fátima (concelho de Ourém) e de Pedrogão (concelho de Torres Novas), entidades que apoiam a implementação do projeto no terreno.

 

A gestão dos habitats será efetuada através do controle seletivo da vegetação herbácea e arbustiva, utilizando meios mecânicos, bem como recorrendo ao pastoreio extensivo com cabras de raça serrana (variedade ribatejana), adequando estas ações às necessidades de conservação dos valores em presença. Será também incentivada a colheita sustentável e a comercialização de plantas aromáticas, medicinais e condimentares. Pretende-se ainda que o projeto envolva parceiros locais, demonstrando que é possível conservar a biodiversidade recorrendo ao uso sustentável dos recursos naturais, de forma a garantir suporte económico para a continuação das ações de conservação a longo prazo.
 



A ação de apresentação decorreu ao longo do dia 20 de maio numa iniciativa que reuniu algumas dezenas de participantes que subiram à serra a partir das duas vertentes norte e sul, acompanhados dum rebanho de caprinos e com a realização duma acção de apresentação do projeto e um piquenique que teve lugar no cimo do topo aplanado.



 

Ao mesmo tempo a iniciativa visou também comemorar os 20 anos do programa LIFE da União Europeia, importante instrumento de financiamento a projetos de conservação de habitats e espécies prioritárias nas áreas da Rede Natura 2000, rede de espaços classificados a nível europeu.



 

A escolha do dia 20 de Maio – Domingo da Ascenção – está relacionada com a recuperação de uma antiga tradição, segundo a qual as populações locais subiam à serra próximo desta data, levando uma merenda e permanecendo aí ao longo do dia.

 



Para mais informações sobre o projeto pode ser visitado o sítio eletrónico:www.habitatsconservation.org




Lisboa, 21 de maio de 2012



A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza


Habitats a conservar:

[(6110) *Prados rupícolas calcários ou basófilos da Alysso-Sedion albi, (6210) prados secos seminaturais e facies arbustivas em substrato calcário (Festuco-Brometalia) (*importantes habitats de orquídeas), (6220) *Subestepes de gramíneas e anuais da Thero-Brachypodietea e (8240) *Lajes calcárias].
 
logos habitats conservation

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb