Topten Automóveis | Conheça quais são os veículos mais amigos do ambiente!

O Topten.pt analisou todos os veículos novos vendidos actualmente no mercado português e identificou os dez melhores automóveis para cada classe.

 

O Topten.pt vê assim acrescentada mais uma categoria, para além da Iluminação e Máquinas de lavar roupa. O site Topten.pt  tem sido alvo de milhares de consultas diárias por parte dos consumidores que querem fazer a melhor escolha em termos ambientais e principalmente em termos de eficiência energética.

 

Os critérios de ordenação dos veículos incluíram as emissões de dióxido de carbono, causadoras do agravamento de efeito de estufa e consequentes alterações climáticas, a emissão de outros poluentes do ar, o ruído causado e ainda o uso de recursos, reflectindo a reciclagem que é possível efectuar dos materiais do veículo.

 

Os veículos estarão divididos por classes: mini-carros, pequenos carros, compactos, classe média, classe média superior, carrinhas cinco lugares, carrinhas de seis ou mais lugares.

 

O melhor automóvel identificado para cada uma das categorias foi o seguinte:

 

Mini-carros: 

 

pastedGraphic_1.pdfpastedGraphic_2.pdfpastedGraphic_3.pdf

 

   Citroen C1 1.0i     Peugeot 107 1.0i     Toyota Aygo 1.0

 

Pequenos carros:  

 

pastedGraphic_4.pdf

 

Daihatsu Sirion 1.0

 

Compactos: 

 

pastedGraphic_5.pdf

 

Honda Civic Hybrid

 

Classe média: 

 

pastedGraphic_6.pdf

 

Toyota Prius 1.5 Hybrid

 

Classe média superior:  

 

pastedGraphic_7.pdf

 

BMW 520d Sedan/Touring

 

Carrinhas de 5 lugares:  

 

pastedGraphic_8.pdf

 

Ford C-MAX 1.6 TDCi 109cv

 

Carrinhas com 6 ou mais lugares:  

 

pastedGraphic_9.pdf

 

pastedGraphic_10.pdf

 

         Opel Zafira 1.6 CNG               Peugeot 307 SW 1.6 HDI 110cv

 

Use preferencialmente o transporte colectivo; ao utilizar um automóvel procure partilhá-lo e faça uma condução ecológica. Mas se for comprar um veículo, pondere seriamente escolher um automóvel Topten.pt.

 

Conheça a imagens do evento de apresentação:

 

pastedGraphic_11.pdf

 

pastedGraphic_12.pdf

 

pastedGraphic_13.pdf

 

pastedGraphic_14.pdf

 

pastedGraphic_15.pdf

 

pastedGraphic_16.pdf

 

Fotos: Luís Avelar

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ 

 

Critérios de Selecção – Carros

 

Considerando o desempenho ambiental dos diversos motores de combustão existentes em Portugal, o projecto Topten apresenta 10 modelos de automóveis novos, em oito categorias diferentes.

 

Este ranking foi elaborado com base em informação técnica específica dos diversos produtores nacionais e internacionais de automóveis comercializados em Portugal.

 

As oito categorias definidas são as seguintes:

 

Categoria: Comprimento do Automóvel

Carros Mini: Até 3.5 metros

Pequenos Carros: Entre 3.5 – 4.0 metros

Compactos: Entre 4.0 – 4.4 metros

Classe Média: Entre 4.5 – 4.7 metros

Classe Média Superior: Entre 4.7 – 4.9 metros

Carrinhas de 5 lugares: A partir de 4.9 metros

Carrinhas de 6 ou mais lugares: A partir de 4.9 metros

 

Ranking

 

A ordem dos carros é estabelecida de acordo com a Eco-Avaliação calculada. Uma Eco-Avaliação mais elevada representa um melhor desempenho ambiental. No entanto esta ordem de apresentação pode ser alterada, conforme o parâmetro que se quer dar relevância.

 

Além dos critérios de selecção para o cálculo da posição no ranking Topten (Eco-Avaliação), são apresentadas outras características dos veículos.

 

 

Preço do combustível (Euros por 100.000km)

 

Preço do combustível consumido para realizar 100.000 km, considerando o preço do gasóleo por litro de 1.06€ e o preço da gasolina por litro de 1.35€. Estes valores de referência podem obviamente variar conforme os postos de abastecimento utilizados.

 

 

Eco-Avaliação

 

Esta avaliação é baseada na informação disponível acerca de emissões poluentes e ruído. 

 

Esta é uma análise multi-critérios que permite comparar automóveis de acordo com o impacto que estes têm para o ambiente e saúde, com base em conhecimentos científicos actualizados. 

 

Foram definidos cinco tipos de impactos ambientais, os quais foram pesados de modo a ser realizada uma avaliação para cada carro:

- 40% Impacto de CO2 e partículas (efeito de estufa);

- 20% Impacto em seres humanos de óxidos de nitrogénio, hidrocarbonetos e partículas;

- 20% Impacto em seres humanos do ruído de tráfego;

- 15% Impacto em seres humanos de substâncias cancerígenas;

- 5% Impacto sobre a natureza

 

O sistema de eco-avaliação para automóveis de passageiros, que tem sido usado desde 1997 pela ATE (Associação Suíça de Ambiente e Tráfego), juntamente com as organizações de tráfego Alemã e Austríaca suas associadas, foi desenvolvido pelo Instituto da Energia e Ambiente (IFEU) em Heidelberg (Alemanha) em parceria com a Agência Federal do Ambiente Alemã e é baseado em informação científica actualizada.

 

 

Eco-Estrelas

 

As eco-estrelas permitem de forma mais rápida e perceptível perceber qual o desempenho ambiental de determinado automóvel. Na eco-avaliação é atribuído um máximo de 5 estrelas aos automóveis que atinjam pelos menos 65 pontos. Esta classificação é feita do seguinte modo:

- 65 pontos ou mais – 5 Estrelas

- Entre 60 e 64.9 pontos – 4 Estrelas

- Entre 55 e 59.9 pontos – 3 Estrelas

- Entre 50 e 54.9 pontos – 2 Estrelas

- Menos de 50 pontos – 1 Estrela

 

 

Combustível

 

Nesta avaliação foram analisados os veículos movidos a gasolina, a gasóleo e combinados com gás natural. Não foi considerado nenhum veículo movido a gasolina combinado com gás de petróleo liquefeito (GPL) por não existir qualquer modelo novo desta categoria apresentado publicamente nas revistas de especialidade e anunciado pelos fabricantes em termos de comercialização em Portugal.  

 

 

Consumo de Combustível (l ou kg por 100km)

 

Consumo total de combustível definido de acordo com normas Europeias [New European Driving Cycle (NEDC ECE 15 EUDC)], em litros no caso do gasóleo e gasolina e quilogramas no caso do gás natural.

 

 

Filtro de Partículas

 

Todos os modelos apresentados nos rankings com motores movidos a gasóleo terão que possuir filtro de partículas ou sistema equivalente assegurando uma emissão inferior a 5 mg/km de partículas.

 

 

CO2 (g/km)

 

Quantidade de CO2 emitida por cada quilómetro percorrido.

 

 

Ruído [dB(A)]

 

Magnitude do ruído durante a condução.

 

 

Lotação do veículo

 

É também indicado o número máximo de lugares de cada veículo.

 

 

Cilindrada do veículo

 

Cilindrada do veículo em cm3

 

 

Potência do veículo

 

Potência do veículo em cavalos

Recomendações - Automóveis

 

Hoje em dia, cerca de um terço da energia total consumida é utilizada por transportes rodoviários, essencialmente por automóveis. No entanto, apesar de existirem automóveis cada vez mais eficientes, não se consegue compensar os prejuízos ambientais que advêm com o aumento de tráfego que se tem verificado pela utilização do automóvel particular.

 

 

Motores e Combustíveis

 

Motores a Gasolina ou Gasóleo: um motor a gasóleo é mais eficiente que um motor a gasolina, mas um motor a gasolina emite menos substâncias prejudiciais para a saúde humana, com excepção do poluente partículas. Comparando com os motores a gasolina os motores a gasóleo emitem partículas de fuligem cancerígenas com um risco seis vezes mais elevado que os óxidos de azoto. Portanto o Topten desaconselha fortemente o uso de motores a gasóleo sem filtro de partículas.

 

Motores a Gás Natural: a principal vantagem do consumo de gás natural em relação aos dois combustíveis anteriores é a emissão de dióxido de carbono (CO2), que é substancialmente inferior. O impacto do gás natural sobre o ambiente é cerca de metade do incutido pela queima de gasolina e cerca de 70% menor que o produzido pelo gasóleo. Estes motores possuem ainda um depósito de reserva para gasolina, pois ainda existe um baixo número de postos de abastecimento de gás natural. Os automóveis com este tipo de motor são comercializados em Portugal ainda em número muito reduzido.

 

Motores Híbridos: em Portugal existem dois tipos de sistemas híbridos – HSD (Hibrid Synergy Drive) e o sistema IMA (Integrated Motor Assist).

 

O sistema HSD, combina um motor eléctrico com um motor a gasolina, capaz de assegurar emissões mais baixas. No arranque da viatura, apenas o motor eléctrico está a funcionar, assim como em velocidades relativamente reduzidas. Em velocidade de cruzeiro, ambos os motores funcionam dividindo pelos dois a potência necessária de maneira a maximizar a eficiência. Em aceleração é apenas utilizado o motor a gasolina, enquanto em desaceleração o motor eléctrico funciona como gerador recuperando a energia cinética em energia eléctrica e acumulando-a nas baterias. Com o veículo parado, o motor a gasolina é automaticamente desligado para reduzir o consumo e as emissões, maximizando a eficiência.

 

O sistema IMA possui uma tecnologia parecida com o sistema HSD, em que nas fases de desaceleração a energia cinética é transformada em energia eléctrica e canalizada para as baterias. No interior do veículo existe um manómetro que indica se o motor eléctrico está em funcionamento a ajudar o motor a gasolina, se está a recarregar baterias. Tal como no HSD, em aceleração o sistema eléctrico auxilia o motor a gasolina para compensar o consumo de combustível e quando parado, este motor de combustão desliga automaticamente. A diferença entre a tecnologia IMA e HSD, reside essencialmente no momento do arranque da viatura, em que no caso do sistema IMA é feito com recurso ao motor a gasolina, enquanto o HSD utiliza apenas o sistema eléctrico para iniciar a marcha e em velocidades reduzidas.

 

Motores a GPL: o GPL é um gás de petróleo que se forma durante a refinação do crude. Este combustível é constituído por propano e butano, existindo fortes variações na sua composição química exacta. Este combustível é liquefeito sob pressão e é transportado em tanques pressurizados. Por ser um gás mais pesado que o ar atmosférico, torna-se necessário restringir a sua utilização em locais fechados, mesmo que sejam ventilados.

 

 

Condução Eficiente

 

Uma condução ecológica eficiente, além de contribuir para a segurança rodoviária, contribui também para a protecção do ambiente ao promover a poupança de combustível e de outros custos, como é o caso de pneus, lubrificantes e travões.

 

Existe um conjunto de medidas simples que promovem esta eficiência:

- Conduzir numa mudança o mais elevada possível. Em carros movidos a gasolina a mudança deve ser alterada para a seguinte às 2500rpm, enquanto num carro a gasóleo a mudança deve ser alterada às 2000rpm.

- Deve-se manter uma condução com uma velocidade constante e moderada, evitando travagens bruscas e muitas alterações d mudanças.

- Modere a utilização do ar condicionado, pois aumenta cerca de 13% o consumo de combustível. No entanto, a partir dos 80 km/h é preferível ligar o ar condicionado do que conduzir com a janela aberta, pois este é também um factor de aumento de consumo a maiores velocidades.

- Elimine sempre que possível peso desnecessário no veículo. O peso da carga do veículo é também um factor preponderante no aumento do consumo. Num carro de gama média que pese cerca de 1500 kg, por cada aumento de 100 kg de peso o consumo sobe 7%.

- A pressão dos pneus deve também ser verificada, com alguma regularidade, de modo a estar sempre dentro dos valores óptimos para cada tipo de pneu. Estes valores são normalmente fornecidos com as especificações técnicas do veículo. Uma redução em 25% da pressão óptima, reproduz-se num aumento de 2% no consumo de combustível.

 

Alternativas ao Automóvel

 

A utilização do automóvel, deve resumir-se ao essencial e quando possível deve ser partilhado.

 

Em pequenas distâncias e sempre que possível, desloque-se a pé ou de bicicleta adquirindo comportamentos benéficos para a saúde. Procure utilizar os transportes públicos.

 

Estará assim a promover a redução da poluição do ar - nomeadamente das emissões de gases de efeito de estufa que contribuem para as alterações climáticas - e do ruído. De uma forma global, está também a contribuir para uma maior sustentabilidade ambiental.

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb